segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Como a falta de explicações me contraria!
Tudo aquilo que você sabe que está ali, que te entala a garganta, mas que não tem conserto.
Aquela falta incessante de algo ainda inexistente,
a vontade de viver algo ainda não vivido,
as palavras engasgadas querendo dizer algo ainda não dito,
o querer acreditar em novidades antigas...

O que eu não sei por quê nem quando,
o que eu não sei resolver...

2 comentários:

Adrielly disse...

Tudo aquilo que você sabe que está ali,
como aquela soluçao praquele problema
que você talvez não quer ou nçao pode enchergar mas ela está ali,
na sua frente.
Akelas palavras que precisavam se ditas pra
dizer o que nem agente mesmo sabe o que é.
=/


Eu te amo muieh
=*

Adrielly disse...

Tudo aquilo que você sabe que está ali,
como aquela soluçao praquele problema
que você talvez não quer ou nçao pode enchergar mas ela está ali,
na sua frente.
Akelas palavras que precisavam se ditas pra
dizer o que nem agente mesmo sabe o que é.
=/


Eu te amo muieh
=*