domingo, 4 de janeiro de 2009

2009!

Enquanto fazia planos pra minha viagem de férias eu acabei chegando à conclusão de que as melhores coisa que já me aconteceram foram por pura falta de expectativa. Quando não se espera nada, qualquer coisa que aconteça de bom já é grande o bastante não acha? Mas é impossível sentir essa explosão de empolgação e não criar nenhuma expectativa. Sei lá, talvez eu esperasse que as coisas fossem sempre cor-de-rosa como estão agora. Quem sabe eu esperasse que ele me fizesse uma declaração de amor, me pedisse pra ficar. Quem sabe eu esperasse que alguém tivesse dito que sentiu a minha falta. Quem sabe eu não queria ter ido à lugar algum nesse final de ano e justamente por isso tudo foi impressionantemente inesperado.
Então nesse novo ano eu não quero esperar nada.
Eu não quero esperar coisas boas, não por que não desejo que elas aconteçam mas porque quero sentir cada bom momento tão grande quanto a falta de expectativas pode fazer.
Ainda no reveillon anterior eu me lembro de que me perguntaram quais eram minhas promessas de ano novo.Engraçado isso de fazer promessas para um novo ano, simplesmente por que ele chegou. Se eu nunca consegui cumprir promessas como "Esse semestre eu estudo mais!" ou "A partir de segunda eu começo um regime" ou "Eu nunca mais beijo ele!" eu cumprirei só por que um ano novo começou?
Mas eu acho que esse 2009 merece uma promessa. E a minha promessa é justamente deixar as coisas como são. As coisas como tem que ser. Na hora que tem ser. E foda-se o que teria que ser e nunca foi.

2 comentários:

Cris disse...

hum.... interessante... mas a gnt sempre espera alguma coisa...

mas vejamos no que dá neh...

=*

♥M@cellY♥ disse...

HAhahahahahaah
Verdade, quando agente espera muita coisa, acaba por não perecber os pequenos e deliciosos detalhes do inesperado!

E foda-se o que não foi e poderia ter sido!!
hauaha

BJo0o
=)