domingo, 25 de novembro de 2007

.Expectativas desleaiS.

"O meu coração cafona,
quando se apaixona fica tão clichê!"
Rita Lee



Encanto, desencanto!
Deslumbreee!
Difícil essa vida de ter que se entender e entender o sentido das coisas! Há muito já desisti de tentar encontrar um sentido pras coisas que faço ou penso. As explicações que tenho pras minhas atitudes nada mais são do que um modo de me convencer de que aquilo que fiz é certo. Invento hipóteses e versões daquilo que quero enxergar e nada mais!

-Vamos fazer um acordo? Eu prometo que vejo sempre o seu lado bom e você promete sempre cumprir minhas expectativas.

É tão difícil cumprir as expectativas sobre si mesmo quanto mais alcançar o que os outros esperam de nós. E isso envolve largar de ser você mesmo pra passar a ser aquela Clarisse, Joana, Mariana, Camila e outras tantas idealizações... É a parte em que nos tornamos as mães perfeitas, as donas-de-casa impecáveis e as namoradas exemplares, que deixamos os defeitos debaixo de livros empoeirados e entulhos velhos, sem ter que lembrar que o convívio não é piedoso e que o dia-a-dia não vai lhe poupar de mostrar a verdade só porque você está num mar de rosas. E que um dia, você vai ser puxada de volta, vai ser chamada de novo àquela velha realidade já conhecida, vai deixar seu mundo de sonhos e ilusões e vai perceber que príncipes encantados não existem, amores perfeitos muito menos e que as pessoas são muito mais o que queremos que elas sejam do que elas realmente são.



"Pra quem não sabe amar,
fica sempre esperando alguém
que caiba nos seus sonhos..."
Cazuza

2 comentários:

O Profeta disse...

Os nossos sonhos devem ter a medida de dada paixão...


Boa semana


Doce beijo

Laurinha disse...

Nossa!! Esse tá violentíssimo!!
Adorei!!
Pra mim, o melhor texto...
Bjos